PortuguêsEnglishEspañol

Notícias

Ozônio é usado para controle de pragas em grãos armazenados

Alimentos

Métodos químicos para controlar praga em grãos armazenados. Inseticidas como os piretróides, os organofosforados e os fumigantes como a fosfina (PH3) são as opções mais utilizadas.

Por tratar-se de produtos altamente tóxicos, com efeitos residuais, alternativas a estes produtos estão sendo desenvolvidas pela comunidade científica em diversas partes do mundo. O ozônio novamente aparece como uma solução ecologicamente correta p[ara este fim.  Devido a  característica oxidante e  sem efeito residual,  tem grande potencial para utilização neste contexto.

Resultados de pesquisas conduzidas na UFV indicaram o controle de 95% dos insetos-praga Sitophilus zeamais (caruncho dos cereais) e Tribolium castaneum (besouro dos cereais) num período de 24h e 64h, respectivamente. Isto considerando uma massa de grãos armazenada a 25 ºC e os insetos expostos diretamente ao gás ozônio numa concentração de 50 ppm.

 O tempo de exposição necessário para o controle das pragas depende de fatores como a temperatura da massa de grãos e a camada em que os insetos estão localizados na mesma.

A tecnologia de ozônio tem sido utilizada há mais de 100 anos para tratamento de águas e outras aplicações, mas no âmbito da armazenagem de grãos, ainda é limitado a experimentos. Seu uso pode se tornar uma grande ferramenta na conservação e ou preservação da qualidade do produto armazenado.

Fontes: Embrapa, Globo Rural.

Saiba mais:  Aplicação de ozônio contra Sitophilus zeamais e Tribolium castaneum em milho armazenado

Deixe um comentário: