PortuguêsEnglishEspañol

Notícias

Médicos defendem terapia com ozônio

Ozônio em Medicina

A matéria publicada no Jornal Folha de São Paulo em 26/02/2011, pela jornalista Cláudia Collucci, de São Paulo, relata que a ozonioterapia é uma técnica muito utilizada contra infecções, inflamações e dor em diversos países, mas no Brasil, a técnica está criando polêmica. Ao menos 200 médicos estão convencidos da sua eficácia e a aplicam em várias doenças.

O CFM (Conselho Federal de Medicina) e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) argumentam que o método, não tem amparo científico e, portanto, não pode ser regulamentado.

Há vários estudos na literatura mundial mostrando a eficácia da ozonioterapia_ embora a maioria não seja controlada e tenha baixo grau de evidência científica. A terapia é reconhecida pelos sistemas de saúde de países como Itália, Espanha, Alemanha, Rússia e Cuba.

Os defensores da técnica argumentam que o método não prospera no país porque contraria interesses da indústria, por ser uma técnica que não pode ser patenteada.

No Brasil, várias instituições estão pesquisando a técnica. Em 2010, a Universidade de São Paulo, por exemplo, testou a ozonioterapia em bactérias hospitalares multirresistentes a antibióticos. Com apenas cinco minutos de exposição ao ozônio, dez delas foram eliminadas, inclusive a superbactéria KPC, que atingiu 13 Estados e matou ao menos 20 pessoas.

Fonte: Jornal Folha de São Paulo de 26/02/2011.

Clique Veja a matéria original da Folha aqui.

Deixe um comentário:

  1. Bom dia, trabalho com O3 na medicina esportiva equina ha mais de 8 anos e venho obtendo excelentes resultados em varias patologias.

    Por Rogério kogute - 4 de dezembro de 2015
  2. 🙂 Dr. Rogerio Kogute, excelente profissional.

    Por Leticia Philippi - 8 de janeiro de 2016